Sobre

O que é o “MOM”?

O Media Ownership Monitor (MOM) responde a seguinte pergunta: Quem controla a mídia no país?

A pluralidade da mídia é um elemento chave da democracia. Uma imprensa livre, independente e diversa reflete a variedade de opiniões existentes em uma sociedade. A concentração no mercado de mídia impede a pluralidade e dá aos proprietários dos meios de comunicação uma influência desproporcional na formação da opinião pública.

Um dos maiores obstáculos na luta contra a concentração da propriedade da mídia é a falta de transparência sobre quem são seus donos. Ao chamar a atenção para isso e criar uma base de dados com informações a respeito das empresas e de seus proprietários, o MOM pretende dar maior transparência à questão. Assim, pretende tornar possível a cobrança dos atores políticos e econômicos para que respondam à pergunta: Quem controla a mídia?

O MOM é um projeto global. Com uma metodologia padronizada, desenvolveu uma ferramenta de mapeamento que gera um banco de dados disponível publicamente, com informações sobre os proprietários dos maiores veículos (em audiência) e os grupos de mídia detentores desses meios, além de suas relações políticas e interesses econômicos. A informação é publicada em um site, em inglês e na língua local, e constantemente atualizada. O projeto também fornece uma contextualização de cada país, assim como uma análise de seu mercado de mídia e do marco regulatório do setor.

O MOM foi criado e implementado pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), uma organização internacional de direitos humanos cujo objetivo é defender direitos humanos, em particular a liberdade da imprensa e o direito de informar e ser informado em qualquer lugar do mundo. No Brasil, foi realizado pelo Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social. A pesquisa foi feita, até agora, na Colômbia, Camboja, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Peru, Filipinas, Mongólia, Sérvia, Gana e Marrocos. A iniciativa é financiada pelo Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento da Alemanha (BMZ).

O Brasil está em 103º lugar em uma lista de 180 países no Índice Global de Liberdade de Imprensa 2017, uma pesquisa realizada pela Repórteres Sem Fronteiras.

Para defender a transparência na propriedade da mídia, o MOM fornece dados, contexto e análises sobre quem são os proprietários da mídia.

  • INTERVOZES LOGO
  • Reporter without borders
pt
en
  • Projeto por
    Intervozes Logo
  •  
    Reporters without borders
  • Financiado por
    BMZ